sábado, 12 de março de 2011

O amor no fundo do poço.


"procura-me por todos os lados, procura-me
às escuras por todos os lados, estarei
algures, fremindo, criando bichos entre
os braços e as pernas, aguardando que
me salves. Só assim te amarei, se souberes
descortinar o caminho para o lugar onde
me escondo, com medo, com fantasmas,
feito para ser amado apenas por quem
avistando-me no fundo do poço, me
puder querer sem garantia de outra condição"

Valter Hugo Mãe, "Exercício do Bom Amor".

*A ilustração é do Esgar, que ilustrou todos os poemas do Valter Hugo nesse livro.


3 comentários:

CARLA STOPA disse...

Forte isso...

Ana SS disse...

resgata-me

Teresinha Oliveira disse...

Tão bom quando alguém diz exatamente o que você queria gritar, e não tem talento suficiente para fazê-lo.

Postar um comentário